Commuters wait in a traffic jam during afternoon rush hour in Jakarta BAY ISMOYO/AFP/Getty Images

Quais são as políticas de tráfego que funcionam melhor para as megacidades?

CAMBRIDGE – A urbanização tem muitas vantagens. Ao juntarem pessoas fisicamente, as cidades inspiram oportunidades de inovação e de incentivo. Elas aproximam os trabalhadores dos postos de trabalho e facilitam a difusão das artes e da cultura. Mas os benefícios da vida urbana são frequentemente acompanhados de custos.

Talvez nenhum dê a sensação de ser mais penoso - e francamente irritante - do que o congestionamento de tráfego. Estradas apinhadas e tráfego parado é sinónimo de tempo perdido e dias úteis reduzidos. E veículos em modo estacionário ainda emitem enormes quantidades de gases de escape, prejudicando o ambiente e a saúde humana.

Muitos governos tentaram desenvolver políticas para reduzir o congestionamento de tráfego, ao tornarem mais dispendioso a condução de um veículo. Desde 2003, Londres tem aplicado sucessivamente uma taxa de congestionamento, enquanto Singapura quer usar a tecnologia GPS para policiar a sua própria estratégia de fixação de preço no congestionamento.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/yL4OzXx/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.