A 4-day-old newborn baby, who has been placed among empty baby beds Sean Gallup/Getty Images

Como salvar as mulheres e os recém-nascidos durante o parto

BOSTON –A história angustiante da famosa tenista Serena Williams, sobre as complicações com risco de vida após o nascimento da sua filha, lembra-nos que o parto é potencialmente fatal para qualquer parturiente ou recém-nascido. Williams sofreu uma embolia pulmonar –um coágulo de sangue no pulmão. Depois de alertar publicamente sobre a sua situação, recebeu os cuidados de salvamento de que necessitava. Milhões de mulheres em todo o mundo não os recebem.

Todos os anos, mais de 5,6 milhões de mulheres e recém-nascidos morrem durante a gravidez, o parto ou o primeiro mês de vida. Os cuidados de fraca qualidade durante as 48 horas que circundam o parto, em particular, são um dos maiores contributos para o sofrimento e a morte relacionados com o nascimento. Estas mortes despedaçam famílias e comunidades. E, para agravar a situação, elas são praticamente evitáveis na totalidade. Noventa e nove por cento das mortes maternas e 80% das mortes neonatais podem ser evitadas com os cuidados corretos.

Nós sabemos o que é que mata as parturientes e os recém-nascidos durante o período que envolve o parto. Os grandes assassinos das parturientes são as hemorragias, a sépsis, trabalho de parto dificultado e a eclampsia. No caso dos recém-nascidos, os principais riscos são a asfixia (dificuldade em respirar), prematuridade e infeções. O modo como se deve avaliar, tratar e prevenir estas causas é conhecido há décadas. Em muitos casos, gestos simples como lavar as mãos, aquecer o bebé através do contacto pele com pele ou tratar a hipertensão arterial fazem toda a diferença.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To continue reading, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

Help make our reporting on global health and development issues stronger by answering a short survey.

Take Survey

http://prosyn.org/7vXGinj/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.