Alibaba alipay Zhang Peng/Getty Images

Qual o objectivo de criar economias financeiramente inclusivas?

SEATTLE – O tema da cimeira do G20 desta semana em Hamburgo, Alemanha, é "Criar um mundo interligado", e quando os líderes começarem a trabalhar, muitos dos temas que suscitam maior atenção — alterações climáticas, combate ao terrorismo, comércio — terão predomínio. No entanto, a atenção recebida por um ponto menos conhecido da agenda não será menos importante para garantir a prosperidade global: a inclusão financeira digital.

Actualmente, cerca de dois mil milhões de adultos ainda não têm acesso aos serviços financeiros mais básicos. A inclusão financeira digital visa ampliar o acesso à economia formal, tornando os instrumentos financeiros electrónicos (como contas de débito a que as pessoas podem aceder nos seus telemóveis) economicamente acessíveis e disponíveis em grande escala.

Quando os pobres começam a utilizar estes serviços, acontecem duas coisas: em primeiro lugar, gerem o dinheiro de forma mais eficaz — dispondo de novas formas de fazer poupanças, pagamentos, aceder a crédito ou subscrever seguros. Em segundo lugar, gastam menos tempo a ocupar-se de transacções financeiras simples, restando-lhe mais tempo para o trabalho produtivo ou para gerir uma pequena empresa por conta própria. Além disso, os rendimentos e as poupanças suplementares aumentam a resiliência das pessoas pobres contra os choques financeiros resultantes, por exemplo, de uma despesa médica inesperada ou da perda de uma colheita sazonal.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/WikQ7fZ/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.