elerian136_peshkova_getty images_global economy Peshkova/Getty Images

Garantir uma recuperação global mais sólida e mais justa

CAMBRIDGE – Há uma piada antiga sobre contrapartidas complicadas que nos pede para imaginarmos o nosso pior inimigo a cair num precipício ao volante do nosso carro novinho em folha. Ficaríamos felizes com a morte do nosso inimigo ou tristes com a destruição do nosso carro?

Para muitos, a forma da tão esperada e necessária recuperação económica global deste ano apresenta um dilema semelhante. Na ausência de uma reformulação das políticas nacionais e da coordenação internacional, a significativa aceleração do crescimento esperada em 2021 será muito desigual, tanto entre os países como dentro dos países. Com isso, vem uma série de riscos que pode tornar o crescimento nos anos subsequentes menos robusto daquilo que poderia e deveria ser.

Com base nas informações atuais, espero que o rápido crescimento na China e nos Estados Unidos conduza a uma expansão global de 6%, ou mais, este ano, em comparação com uma contração de 3,5% em 2020. Mas, embora a Europa deva sair da dupla recessão, a recuperação provavelmente será mais moderada. Há zonas do mundo emergente que estão numa posição ainda mais difícil.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/a0RaLycpt