forest Jordan Siemens/Getty Images

Reconstruir as florestas do mundo

OXFORD – A humanidade sempre teve uma relação complicada com as florestas. Dependemos delas para regular o clima e a chuva, purificar o nosso ar e a nossa água, manter uma infinidade de espécies de plantas e de animais e sustentar os meios de subsistência de mais de mil milhões de pessoas. Ainda assim, continuamos a destruí-las, ao ponto de só restar metade da cobertura florestal original do mundo.

O preço da desflorestação dificilmente pode ser sobreavaliado. As árvores consomem grandes quantidades de dióxido de carbono enquanto crescem, tornando-as em ferramentas vitais para absorver as emissões de gases com efeito de estufa – provenientes de carros, fábricas, centrais de energia e pecuárias – que resultam em alterações climáticas. Se continuamos a perder cobertura florestal, o objetivo do acordo de Paris sobre o clima de limitar o aquecimento global para menos de dois graus Celsius (acima dos níveis pré-industriais), até 2050, será impossível de alcançar. Na verdade, para cumprir essa meta, precisaremos de recuperar uma quantidade significativa de cobertura florestal que já não existe.

Há duas maneiras de abordar a reflorestação. A primeira é permitir que as terras agrícolas caiam em desuso e, então, esperar que se revertam naturalmente em florestas. Isto não teria grandes custos, mas demoraria décadas. A segunda opção é mais pró-ativa: plantar milhares de milhões de árvores novas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/60gY7ub/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.