watkins18_OZAN KOSEAFP via Getty Images_educationschoolturkeyrefugees Ozan Kose/AFP via Getty Images

Colmatar a lacuna que existe nos ODS

LAGOS – À medida que os líderes políticos e empresariais globais se reúnem em Davos para a reunião anual do Fórum Económico Mundial, deveriam colocar uma grande questão: será que o mundo alcançará os ambiciosos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para 2030? Ou irão os ODS – com as suas metas para erradicar a pobreza extrema, acabar com mortes evitáveis de crianças, expandir oportunidades educacionais e evitar um desastre climático – juntar-se à longa lista de promessas globais entusiasticamente aprovadas e que depois caem em saco roto?

Aqueles que sofrem de melancolia em relação aos ODS no início da nova década podem ser consolados pelo psicólogo de Harvard, Steven Pinker. Com base no tema central do seu influente livro, Enlightenment Now, e citando um grande número de dados estatísticos familiares sobre o progresso humano, Pinker faz uma avaliação otimista: "Os avanços em direção aos [os ODS] continuam”, escreveu. “É improvável que façam uma inversão de marcha repentina”.

Ele está certo, até certo ponto. Desde 2000, tem havido melhorias extraordinárias nos indicadores de desenvolvimento humano. A pobreza tem vindo a diminuir para taxas historicamente sem precedentes: a parcela da população mundial que vive com menos de 1,90 dólares por dia caiu de 28% para 10%. O risco de as crianças nascidas em África morrerem antes do quinto aniversário foi reduzido para metade, salvando milhões de vidas jovens. O número de indivíduos sem educação escolar caiu drasticamente e as diferenças de género na frequência escolar estão a diminuir. Mais de 1,6 mil milhões de pessoas tiveram acesso a água potável. Tais realizações refutam o pessimismo que frequentemente permeia os debates públicos sobre ajuda e desenvolvimento internacional.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/R0vW85Spt