economist aurthur laffer Ted Soqui/Corbis via Getty Images

Ciência e subterfúgio na economia

NOVA DELI – A economia tradicional tem uma tendência a decidir sobre algumas conclusões “estabelecidas”, e depois agarra-se a elas, apesar de todas as provas em contrário. Isto já é mau o suficiente, mas o que pode ser pior para um domínio que reivindica ser uma ciência é a falta de insistência na replicabilidade dos resultados empíricos. Isso é norma e é essencial na maioria das ciências naturais; em economia, pelo contrário, há principalmente indiferença e, ocasionalmente, uma resistência feroz a ela. Em alguns casos, os dados que têm de ser usados para replicar as conclusões são negados a outros investigadores.

A razão é muitas vezes profundamente política, por causa dos resultados que são promovidos e divulgados de acordo com visões da economia que apoiam posições ideológicas particulares e posições políticas associadas. Por exemplo, o trabalho empírico que apoia a austeridade fiscal ou a desregulamentação do mercado é citado extensivamente e torna-se a base para o avanço desses resultados específicos da política. Muito raramente esse trabalho está sujeito ao escrutínio - por exemplo, desafiando-se as suas suposições e questionando-se os seus procedimentos estatísticos - que seria a norma para a investigação nas ciências naturais.

Consideremos a alegação feita por Stephen Moore e Arthur B. Laffer de que os cortes nos impostos de Trump nos EUA não apenas se pagariam a si próprios, mas também reduziriam o défice do governo enquanto gerariam mais investimento privado. A alegação deles estava completamente errada, mas de alguma forma a realidade económica parece ter tido pouco impacto sobre aqueles que continuam a acreditar na afirmação da Curva de Laffer de que taxas de impostos mais baixas gerarão maiores rendimentos fiscais.

To continue reading, register now.

As a registered user, you can enjoy more PS content every month – for free.

Register

or

Subscribe now for unlimited access to everything PS has to offer.

https://prosyn.org/vTTjyiipt