Skip to main content
migration Spencer Platt/Getty Images

Mitos da migração versus factos económicos

WASHINGTON, DC — Em 19 de Dezembro de 2018, a Assembleia Geral das Nações Unidas votou a favor da adopção do Pacto Mundial para Migrações Seguras, Ordenadas e Regulares, com 152 votos a favor, 5 votos contra e 12 abstenções. Os defensores saudaram o pacto como um passo na direcção de uma gestão da migração mais humana e racional , no entanto, a oposição continua a ser considerável.

O pacto não é um tratado juridicamente vinculativo, nem garante novos direitos para os migrantes. Na verdade, os 23 objectivos do pacto foram elaborados com base em dois anos de discussões alargadas e seis rondas de negociações, focados especificamente na criação de um quadro para a cooperação internacional que não interfira excessivamente nos assuntos internos dos países.

Devido a mal-entendidos sobre o pacto, é benéfico analisar mais detalhadamente o desafio da migração - e os vastos benefícios que um sistema bem gerido pode trazer aos países de acolhimento e aos países de origem.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/XIIw9Sa/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated Cookie policy, Privacy policy and Terms & Conditions