Barcroft Media Barcroft Media

O presente de Trump para a China

NOVA IORQUE – As ameaças proteccionistas do Presidente dos EUA, Donald Trump, contra a China suscitaram uma elevada dose de preocupação. Se Trump cumprir as suas promessas na íntegra e, por exemplo, declarar oficialmente que a China manipula moeda ou decidir aumentar as tarifas aduaneiras, as consequências a curto prazo — que incluem uma guerra comercial — poderão ser graves. No entanto, a longo prazo, uma transição para o proteccionismo por parte dos Estados Unidos poderia constituir uma bênção disfarçada para a China.

Não há dúvidas de que a China atravessa uma fase difícil no seu desenvolvimento. Após três décadas em que o PIB regista um crescimento de dois dígitos — uma realização com poucos paralelos históricos — o ritmo da expansão económica da China abrandou substancialmente. A combinação do aumento dos custos de mão-de-obra e da diminuição da procura de exportações chinesas reduziu o crescimento anual do PIB da China para 6,9% em 2015 e 6,7% no ano passado. O governo chinês reduziu agora para 6,5%-7% a sua meta de crescimento para o período de 2016-2020.

Continua a ser um ritmo respeitável; mas não é o melhor que China poderia conseguir. Segundo observaramJustin Yifu Lin e Asa Thye Woo em 1951, quando rendimento per capita do Japão em comparação com o dos EUA era igual ao que a China apresenta hoje, o Japão registava um crescimento contínuo de 9,2%.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/pwLAxxh/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.