soros113_Ruben EarthGetty Images_spainflag Ruben Earth/Getty Images

Espanha assume a liderança nos títulos perpétuos

NOVA IORQUE – O Conselho Europeu realizará uma cimeira virtual no dia 23 de abril para ponderar como é que a União Europeia deve lidar com as consequências económicas da pandemia de COVID-19. A proposta de Espanha é de longe a mais cuidadosamente ponderada e inovadora que será apresentada. Deveria ser o primeiro ponto da agenda da reunião.

A principal inovação que Espanha apresentará é a emissão de títulos perpétuos da UE. A ideia não é nova. A Grã-Bretanha emitiu títulos consolidados, ou Consols, pela primeira vez em 1752, e depois usou-os para financiar as Guerras Napoleónicas e da Crimeia, a Lei de Abolição da Escravatura, o Empréstimo de Socorro Irlandês e a Primeira Guerra Mundial. O Congresso dos Estados Unidos autorizou a emissão de Consols em 1870 para consolidar as dívidas acumuladas na Guerra Civil.

Mas os títulos perpétuos nunca foram ponderados pela UE. Agora, Espanha propõe os títulos perpétuos como uma medida extraordinária para lidar com uma situação extraordinária. Eles seriam extremamente eficazes.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/Xh1OrjKpt