Carlo Ratti Associati's Living Nature installation at Milan Design Week 2018 Delfino Sisto Legnani and Marco Cappelletti

Nutrir as Cidades com a Natureza

BOSTON – Desde que o antigo poeta grego Teócrito escreveu os seus idílios pastorais a romantizar a vida rural, as pessoas têm ponderado sobre como construir cidades que estejam em harmonia com o seu meio natural. Contudo, com o crescimento exponencial das taxas de urbanização em todo o mundo, a necessidade de cidades mais verdes nunca foi tão premente com agora. Felizmente, a inovação e a tecnologia podem ajudar a alcançar este equilíbrio.

Os urbanistas têm concentrado o seu trabalho em colmatar o fosso existente entre as zonas urbanas e as zonas rurais. No século XIX e no início do século XX, as cidades europeias registaram um crescimento sem precedentes em consequência do êxodo rural para as metrópoles em recente expansão. À medida que estas cidades foram crescendo, foram ficando superlotadas e poluídas, o que inspirou uma nova geração de pensadores na busca de soluções.

Um destes visionários foi o britânico Ebenezer Howard que, em 1898, criou o termo "cidades-jardim" – que definiu como comunidades residenciais construídas em torno de uma combinação de espaços abertos, parques, fábricas e explorações agrícolas. Em breve, Londres foi cercada por subúrbios verdejantes concebidos com o objectivo de manter em equilíbrio a habitação de alta qualidade e o espaço verde abundante. O mantra de Howard era trazer a cidade para a natureza.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/01uiw0d/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.