ito5_CHARLY TRIBALLEAUAFP via Getty Images_olympics CHARLY TRIBALLEAU/AFP via Getty Images

Os Silenciosos Jogos Olímpicos do Japão

TÓQUIO – Em 8 de julho, o governo japonês declarou estado de emergência em Tóquio até 22 de agosto, devido à pandemia do COVID-19. Isso significa que os Jogos Olímpicos de Tóquio (23 de julho a 8 de agosto) estarão sujeitos à restrições quanto ao número de espectadores em grandes eventos.

As novas restrições sem dúvida são uma decepção para o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, que está ansioso para mostrar os Jogos como um símbolo da capacidade do Japão de superar as dificuldades que tem enfrentado desde o terremoto de 2011 e o desastre nuclear de Fukushima. Agora não haverá mais gritos de torcida em quaisquer corridas ou outras competições maiores. O clima festivo em Tóquio evaporou-se rapidamente, assim como qualquer esperança de um impulso para a economia local.

É verdade que um estado de emergência no Japão é muito mais brando do que os bloqueios impostos em muitos países ocidentais nos últimos 16 meses. As pessoas ainda podem levar uma vida quase normal de compras e refeições fora, embora com mais restrições aos restaurantes e ao horário de funcionamento do grande comércio varejista. Mas essa é a quarta declaração de um estado de emergência pandêmico em Tóquio desde abril de 2020, e restrições sobre como servir bebidas alcoólicas em restaurantes foram adicionadas desde a última, porque conversas em voz alta sem máscaras são uma fonte suspeita de disseminação do COVID-19 por aglomeração.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading and receive unfettered access to all content, subscribe now.

Subscribe

or

Unlock additional commentaries for FREE by registering.

Register

https://prosyn.org/bBdxDh2pt