An inside view of the 'AknRobotics' Anadolu Agency/Getty Images

Dois mitos sobre a automação

BERKELEY – Os robôs, a aprendizagem automática e a inteligência artificial prometem alterar substancialmente a natureza do trabalho. Todas as pessoas sabem isto. Ou, pelo menos, pensam que sabem.

Concretamente, as pessoas pensam que sabem duas coisas. Em primeiro lugar, que nunca estiveram ameaçados tantos empregos como actualmente. “A Forrester prevê que a automação permitida pela IA eliminará 9% dos empregos nos EUA em 2018,” afirma um cabeçalho. “McKinsey: Um terço dos trabalhadores dos EUA pode ficar sem emprego até 2030, devido à automação,” reforça outro.

Relatórios desta natureza criam a ideia de que o progresso tecnológico e a eliminação de empregos estão em franca aceleração. Mas não existem evidências que comprovem qualquer uma destas tendências. Na verdade, a produtividade total dos factores, que é a melhor medida sintética do ritmo da evolução técnica, encontra-se desde 2005 em estagnação nos Estados Unidos e no mundo dos países desenvolvidos.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To continue reading, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

http://prosyn.org/94V4c0R/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.