Skip to main content

Um mundo de alunas

NOVA DELI – Uma das perguntas mais difíceis que me fizeram quando era subsecretário-geral das Nações Unidas, especialmente quando me dirigia ao público em geral, foi: “Qual é a coisa mais importante que se pode fazer para melhorar o mundo?”

É o tipo de questão que tem tendência a revelar o lado burocrata, até mesmo no comunicador mais directo, como se nos sentíssemos obrigados a explicar a complexidade dos desafios que a humanidade enfrenta: como é que algo não imperativo pode ser distinguido acima de outros objectivos; como é que a luta pela paz, a luta contra a pobreza e a batalha para erradicar as doenças devem ser travadas lado a lado; e assim por diante - de um modo estupidificado.

Nessa altura eu aprendi a dar as respostas, que estas perguntas praticamente impossíveis requerem, com prudência e ousadia. Se eu tivesse de escolher algo que devemos fazer acima de tudo, neste momento propunha uma mantra com duas palavras: “educar raparigas”.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/o3e7Eyc/pt;
  1. benami155_ Ilia Yefimovichpicture alliance via Getty Images_netanyahu Ilia Yefimovich/Picture Alliance via Getty Images

    The Last Days of Netanyahu?

    Shlomo Ben-Ami

    In Israel's recent parliamentary election, voters stopped Prime Minister Binyamin Netanyahu's leadership of the country toward xenophobic theocracy. But Israel now faces a period of political deadlock, and it remains to be seen whether Netanyahu really will be politically sidelined.

    2
  2. oneill66_getty images_world Getty Images

    The Return of Fiscal Policy

    Jim O'Neill

    With interest rates at record lows and global growth set to continue decelerating, there has rarely been a better time for governments to invest in infrastructure and other sources of long-term productivity growth. The only question is whether policymakers in Germany and elsewhere will seize the opportunity now staring them in the face.

    1

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated Cookie policy, Privacy policy and Terms & Conditions