Technology Isacc Lawrence/Stringer

A Globalização torna-se Digital

WASHINGTON, DC – Os eleitores Americanos estão irritados. Mas embora os efeitos nocivos da globalização estejam no topo da sua lista de queixas, ninguém fica bem servido quando os assuntos económicos complexos são reduzidos a chavões, como tem sido feito até agora na campanha presidencial.

É injusto desprezar as preocupações com a globalização como se estas fossem infundadas. A América merece um debate honesto sobre os seus efeitos. Contudo, para que se chegue a soluções construtivas todas as partes deverão reconhecer algumas verdades inconvenientes, e reconhecer que a globalização já não é o mesmo fenómeno de há 20 anos atrás.

Os proteccionistas não são capazes de ver como a abalada base industrial dos Estados Unidos pode ser compatível com o princípio de que a globalização impulsiona o crescimento. Mas as provas que confirmam esse princípio são demasiado substanciais para serem ignoradas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To continue reading, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

http://prosyn.org/WpcUuny/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.