subacchi26_VCGVCG via Getty Images_renminbi VCG/VCG via Getty Images

A manipulação de Trump da manipulação da moeda

LONDRES – O uso da moeda como arma raramente terminou bem para os Estados Unidos. Não é preciso ir mais longe, vejamos a decisão unilateral de 1971 do governo do presidente Richard Nixon de cancelar a convertibilidade internacional direta do dólar para ouro - um elemento-chave do “Choque Nixon” que desestabilizou moedas flutuantes e levou à estagflação mais tarde na década. Mas isso não impediu o governo do presidente Donald Trump de rotular (indevidamente) a China de manipulador de moeda.

Os EUA há muito que acusam a China de manter o renminbi artificialmente baixo, a fim de garantir uma vantagem injusta no comércio internacional. Mas, em geral, absteve-se de atos extremos e, até a esta última decisão, não aplicava o rótulo de “manipulador de moeda” desde 1994. Mesmo em meados dos anos 2000, quando o renminbi foi amplamente considerado subvalorizado, a administração do presidente dos EUA, George W. Bush, optou por não usar essa designação e, em vez disso, procurou o Diálogo Económico Estratégico bilateral sobre a moeda e outras questões económicas.

Mas a recente descida do renminbi abaixo do limiar psicologicamente significativo de sete renminbis por dólar, pela primeira vez desde 2008, foi demasiado para a administração Trump aceitar. Então, num movimento simbólico que aumenta a atual guerra comercial dos EUA com a China, o Tesouro dos EUA fez a designação oficial.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/MkyGVaHpt