Indian women looking out over the ocean Indian women looking toward the ocean/Pixabay

The Year Ahead 2016

A Índia está atenta

NOVA DELI – Hoje mais do que nunca, para parafrasear o poeta John Donne, “nenhum país é uma ilha inteiramente isolada”. A Índia também reconheceu isso, ficando totalmente integrada na economia mundial através do comércio de bens e serviços, bem como dos fluxos de capital, tecnologia e ideias. E, claro, a diáspora excecionalmente grande e generalizada da Índia está a desempenhar um papel único no reforço dos seus laços com o mundo.

É um mundo no qual hoje a Índia ocupa uma posição especial. Atendendo a que muitos países - tanto as economias avançadas como as que estão em vias de desenvolvimento - estão a enfrentar um sentimento crescente de ansiedade económica e até mesmo de melancolia, a Índia é um farol de esperança, uma mudança positiva e um dinamismo económico.

A nossa economia estabilizou: a inflação caiu, a taxa de câmbio da rupia é constante e o nosso compromisso com a disciplina financeira é sólida. O crescimento económico, atualmente o mais rápido entre as principais economias, está preparado para acelerar ainda mais. Os investidores, não surpreendentemente, estão a afluir para os nossos mercados.

To continue reading, please subscribe to On Point.

To access On Point, log in or register now now and read two On Point articles for free. For unlimited access to the unrivaled analysis of On Point, subscribe now.

required

Log in

http://prosyn.org/jzHBwTF/pt;
  1. Donald Trump delivers his address to a joint session of Congress  Bill Clark/CQ Roll Call/Getty Images

    Trump’s Abominable Snow Job

    • In the 2016 US presidential election, Donald Trump presented himself as a populist who would protect America’s “forgotten” workers from the disruptions of trade and immigration and the nefarious designs of unnamed elites.

    • But, a year after assuming office, it has become abundantly clear that “America first” means workers come last.
  2. Project Syndicate

    PS Commentators’ Best Reads in 2017

    • For the first time, Project Syndicate has asked its contributors what they’ve been reading, and why. 

    • Their choices may surprise, but surely will not disappoint, readers seeking the most important books on history, politics, economics, as well as more than one novel.