A Guerra Fria dos media

PRINCETON - Uma guerra de informação estalou em todo o mundo. As linhas de batalha estão traçadas entre os governos que consideram a livre circulação de informação e a capacidade de se aceder à mesma, como uma questão de direitos humanos fundamentais, e aqueles que consideram o controlo oficial da informação como uma prerrogativa soberana fundamental. A disputa está a ser travada institucionalmente em organizações, como a União Internacional de Telecomunicações (UIT), e diariamente em países como a Síria.

O sociólogo Philip N. Howard utilizou recentemente o termo “nova guerra fria” para descrever as “batalhas entre os meios de comunicação social tradicionais e as empresas emergentes das redes sociais, que têm abordagens muito diferentes no que diz respeito à produção de notícias, aos direitos de propriedade e à censura”. Uma vez que os meios de comunicação tradicionais requerem um financiamento significativo, são mais centralizados - e, portanto, muito mais suscetíveis ao controlo do Estado. As redes sociais, ao contrário, transformam qualquer pessoa que tenha um telemóvel, num potencial monitor errante das acções ou dos delitos governamentais e só se desliga caso se desligue a Internet. No estudo da contenda entre os meios de comunicação tradicionais e as redes sociais na Rússia, na Síria e na Arábia Saudita, Howard conclui que, apesar das suas diferentes culturas em relação à comunicação social, todos os três governos têm os meios de comunicação fortemente controlados pelo Estado.

Estas contendas intra-media são interessantes e importantes. A forma como a informação circula reflecte, tal como Howard argumenta, uma ideia de como uma sociedade/governo deve ser organizada.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/336u5fc/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.