União essencial da Europa

BRUXELAS – Nos últimos dez anos, a União Europeia tem sofrido uma série de crises sem precedentes, daquelas que provavelmente não voltaremos a viver. Mas outros desafios, não menos exigentes, estão por vir e faríamos bem em recordar as lições aprendidas ao longo do percurso.

Uma das lições é que a união não é uma opção; é uma condição sine qua non da prosperidade económica e relevância política da UE. É notável que desde 2004, ano em que me tornei Presidente da Comissão Europeia, os membros da UE tenham quase duplicado, passando de 15 países para os atuais 28.

Não houve desistências. De 2004 a 2014, alargamos tanto a UE como a zona euro. E o mais importante, mantivemos a Europa unida.

To continue reading, please log in or enter your email address.

Registration is quick and easy and requires only your email address. If you already have an account with us, please log in. Or subscribe now for unlimited access.

required

Log in

http://prosyn.org/G9oxGXv/pt;