O Grand Tour do Renminbi

REIQUIAVIQUE – Nas últimas semanas por foram feitas duas declarações notáveis por parte de responsáveis europeus e chineses. Em 18 de Junho, a segunda maior instituição financeira chinesa, o China Construction Bank, foi designada como o banco de compensação oficial para o renminbi em Londres. No dia seguinte, a sucursal de Frankfurt do Banco da China, o maior banco comercial do país, recebeu a mesma designação para a zona euro.

Ambas as declarações foram recebidas com entusiasmo. O Chanceler britânico George Osborne descreveu a criação de um banco de compensação em Londres como sendo de “extrema importância” para o futuro financeiro da cidade. Joachim Nagel do Bundesbank alemão louvou a declaração do Banco da China, declarando que representa “um marco no caminho para a criação de um centro de transacção comercial do renminbi em Frankfurt”.

Este tipo de declarações entusiásticas por parte de representantes europeus não constituem surpresa, dado o seu desespero por boas notícias, independentemente da origem. E nós? Devemos dedicar atenção a esta matéria? Afinal de contas, os bancos, as empresas e até os cidadãos já podem adquirir renminbis com as suas libras e euros. Há muito que várias instituições financeiras, quer a nível local quer em Hong Kong, estão em condições de prestar este serviço.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To continue reading, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

http://prosyn.org/LlDfTCn/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.