8

A cura errada de austeridade

BERKELEY - O desregramento orçamental não causou a crise da dívida soberana que afecta a Europa; e a austeridade orçamental não irá resolvê-la. Pelo contrário, tal austeridade agravou a crise e agora ameaça derrubar o euro e atirar a economia mundial para uma queda livre.

Em 2007, a Espanha e a Irlanda foram modelos de disciplina orçamental, com rácios de dívida do PIB muito mais baixos do que o da Alemanha. Os investidores não estavam preocupados com o risco de incumprimento da dívida soberana espanhola ou irlandesa; ou com a dívida soberana, cronicamente grande, da Itália. Na verdade, a Itália gabava-se de ter o rácio do défice público, em relação ao PIB, mais baixo da zona euro e o governo italiano não teve qualquer problema no refinanciamento com taxas de juros atractivas. Até mesmo a Grécia, apesar da rápida redução da sua competitividade e da sua trajectória orçamental cada vez mais insustentável, poderia atrair o capital necessário.