Newspaper headline that says 'terrorism' Susan Sermoneta/Flickr

The Year Ahead 2016

Como combater o terrorismo jihadista

NOVA IORQUE – As sociedades abertas estão sempre em perigo. Isto é especialmente verdade para os EUA e a Europa de hoje, como resultado dos ataques terroristas em Paris e noutros lugares, e da forma como os EUA e a Europa, especialmente a França, reagiram a eles.

Os terroristas jihadistas, como o Estado Islâmico (ISIS) e a Al-Qaeda, descobriram o calcanhar de Aquiles das nossas sociedades ocidentais: o medo da morte. Ao alimentarem o medo através de ataques horríveis e vídeos macabros, os publicistas do ISIS despertaram e enalteceram esse medo, fazendo com que as pessoas das sociedades até agora abertas, que noutras circunstâncias seriam razoáveis, abandonem a sua sensatez.

Os neurocientistas descobriram que a emoção é uma componente essencial do raciocínio humano. Essa descoberta explica por que motivo o terrorismo jihadista representa uma ameaça tão potente para as nossas sociedades: o medo da morte leva-nos, e aos nossos líderes, a pensar - e depois a agir - irracionalmente.

To continue reading, please subscribe to On Point.

To access On Point or our archived content, log in or register now now and read two On Point articles for free and 2 archived contents. For unlimited access to the unrivaled analysis of On Point and archived contents, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/3v5lqtv/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.