2

A questão pendente da igualdade de género

DAVOS – Quando o assunto é a importância da igualdade de género no local de trabalho, a mensagem tem claramente chegado aos que estão no topo. As sondagens de opinião - incluindo as realizadas pela minha própria organização - mostram consistentemente que os líderes empresariais compreendem a necessidade da igualdade de tratamento entre homens e mulheres no mercado de trabalho.

Na verdade, as minhas conversas com os principais empresários de todo o mundo confirmam que o progresso está claramente a ser feito. A grande maioria reconhece o problema como sendo imperativo para o sucesso das suas empresas e implementou medidas para promover a igualdade de género nas suas organizações. E, no entanto, apesar de todas as palavras bonitas, muito mais ainda precisa de ser feito antes de a igualdade de género ser realmente alcançada.

Os factos falam por si. Há ainda uma disparidade salarial em todos os países do mundo, com os homens a ganhar mais do que as mulheres em trabalhos semelhantes. Da mesma forma, a percentagem de assentos em conselhos de administração ocupados por mulheres parece ter estagnado nos cerca de 17%.

Este desequilíbrio não passou despercebido - especialmente entre os trabalhadores do sexo feminino. Numa sondagem de opinião global de mulheres da geração milenar, nascidas entre 1980 e 1995, da PwC, de 2015, metade das pessoas que trabalham em serviços financeiros disse que acreditava que os homens recebiam um tratamento mais favorável quando se tratava de promoções. Mais de 70% disseram que, por muito que as suas organizações falem sobre a diversidade, na realidade, as oportunidades permanecem desiguais.