A biologia do luxo

PARIS – Apesar da crise económica mundial, as vendas de bens de luxo estão em alta em todo o mundo. Porquê? Embora o marketing tenha contribuído para a ascensão, a verdadeira base do crescimento robusto do mercado de luxo está na biologia.

As discussões sobre a estrutura do pensamento humano foram, durante muito tempo, influenciadas pelo ponto de vista do Iluminismo, onde a realidade é composta por quatro elementos: espaço, tempo, matéria e energia. Mas recentemente, um quinto elemento, a informação, entrou no debate. E a informação, ao que parece, é crucial para compreender os propulsionadores essenciais do consumo de bens de luxo e, por conseguinte, profetizar o futuro do mercado do luxo.

Os organismos vivos comunicam e as informações que trocam entre si moldam as suas realidades. Enquanto os animais recorrem a comportamentos coloridos e complicados para transmitirem boa forma física e força, os seres humanos utilizam bens de luxo para demonstrarem a saúde económica.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

http://prosyn.org/9fAJMwE/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.