delong239_Samuel CorumGetty Images_jerome powell Samuel Corum/Getty Images

Perspectiva Macroeconômica dos EUA

BERKELEY – Muitos que agora se preocupam com o aumento da inflação nos Estados Unidos podem discordar, mas o Federal Reserve dos EUA deveria dar a volta olímpica da vitória. Basta considerar o que o Fed alcançou nos últimos dois anos.

Nessa época em 2020, a pandemia do COVID-19 havia reduzido o emprego em 14%, quando grandes setores da economia foram obrigadas a fechar. E embora o emprego tenha se recuperado quando a economia começou a reabrir, ainda assim permaneceu 7% abaixo do nível anterior à pandemia.

Recuperar os 7% restantes sempre seria difícil, porque exigiria uma nova divisão do trabalho. Durante a decepcionante, anêmica e insatisfatória recuperação, da Grande Recessão de uma década atrás, a reconstrução do tecido do mercado de trabalho ocorreu em um ritmo que aumentou o emprego apenas cerca de 1.3 ponto percentual por ano. Como a demanda estava fraca e crescendo muito lentamente durante esse período, tornou-se difícil descobrir quais modelos de negócios seriam lucrativos e onde a mão de obra seria realmente necessária.

To continue reading, register now.

As a registered user, you can enjoy more PS content every month – for free.

Register

or

Subscribe now for unlimited access to everything PS has to offer.

https://prosyn.org/eBDfmWtpt