Aerial view of the building dubbed as the Hanging Gardens of Babylon VCG/VCG via Getty Images

Cidades Mais Verdes, Cidades Melhores

WASHINGTON, DC – Como deverá ser uma cidade “verde”? Deverá assemelhar-se a Copenhaga com elevadas altas taxas de deslocações em bicicleta e reciclagem? Ou assemelhar-se a Curitiba, capital do estado do Paraná no Brasil, cujo planeamento tem como foco a circulação pedestre? Ou talvez com a capital da Etiópia, Adis Abeba, que é exclusivamente alimentada com energias renováveis?

Com mais de 50% da população mundial a viver actualmente em zonas urbanas – uma percentagem que está a aumentar rapidamente – a resposta a esta pergunta irá moldar o futuro colectivo. Contudo, pode ser mais evidente do que imaginamos: para tornar as cidades “mais verdes” - isto é, menos poluídas, mais eficientes em termos de recursos e mais resilientes do ponto de vista ambiental- devemos torná-las literalmente mais verdes.

Os debates sobre a "ecologização" das cidades reconhecem geralmente a importância das infra-estruturas sustentáveis e do planeamento urbanístico inteligente. O que muitas vezes ignoram é que a natureza é a infra-estrutura original do mundo e que as soluções baseadas na natureza podem ajudar as cidades a enfrentar alguns dos maiores desafios com que são confrontadas a nível de planeamento, tais como a poluição do ar e da água, a escassez de água e o calor extremo, cuja situação é agora mais grave devido às alterações climáticas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/trvBTZN/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.