A view of Ilva di Taranto, one of the biggest steel mills in Europe Alfonso Di Vincenzo/KONTROLAB /LightRocket via Getty Images

Responder ao proteccionismo de Trump respeitando o clima

BERLIM – À medida que o Presidente norte-americano Donald Trump traduz a sua estratégia de "A América em Primeiro Lugar" nas tarifas de importação e a União Europeia se prepara para adoptar contra-medidas conduzindo a economia global na direcção de um impasse do comércio, o verdadeiro desafio que as duas economias enfrentam – na verdade, o mundo inteiro – está a ser ignorado. O desafio é dar forma à economia global, incluindo o comércio, para que, finalmente, se respeite os limites naturais do planeta.

A agenda comercial de Trump está a colocar os progressistas numa posição paradoxal. Durante muitos anos, eles têm vindo a denunciar o actual sistema de comércio como injusto e ecologicamente destrutivo. Porém, face ao proteccionismo nacionalista de Trump com os seus ecos dos erros fatais dos anos 30 do séc. XX, alguns sentem-se obrigados a defender o sistema actual.

Os defensores neo-liberais do status quo vêem agora uma oportunidade política. Ao agrupar os progressistas juntamente com Trump como "proteccionistas", eles estão a denunciar os protestos amplos e justificados da sociedade civil contra os acordos mega-regionais como o Acordo Económico e Comercial Global (CETA) entre a União Europeia e o Canadá e a Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP) entre a União Europeia e os Estados Unidos da América.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/ropLSmw/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.