Trump Mandel Ngan/Getty Images

O que pode um Presidente fazer?

SEOUL – Ao tomar posse, Donald Trump prometeu uma série de mudanças radicais na política económica dos Estados Unidos. Descobriu rapidamente, como aconteceu a anteriores presidentes dos EUA, que o sistema político da América foi concebido para evitar mudanças rápidas e em grande escala, ao interpor enormes obstáculos institucionais, que vão do Congresso e dos funcionários públicos de carreira, aos governos estaduais e aos tribunais.

Comecemos pela reforma do imposto sobre o rendimento das pessoas singulares. Esta deveria ser simples, já que o presidente e os líderes Republicanos do Congresso estão em sintonia. O objectivo de Trump de afastar a mão do governo dos bolsos dos americanos, diminuindo a taxa marginal máxima de imposto sobre os rendimentos correntes de 39,5% para 33%, é completamente consistente com a ideologia Republicana vigente, segundo a qual as elevadas taxas de imposto penalizam o sucesso e asfixiam a inovação.

Mas, para serem politicamente viáveis, as reduções fiscais significativas para os mais abastados teriam de ser acompanhadas de reduções fiscais pelo menos simbólicas para a classe média. E as reduções fiscais generalizadas afectariam o orçamento e alarmariam os falcões do défice no Congresso, dos quais ainda resistem alguns.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/jALhEXS/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.