eichengreen131_ChipSomodevillaGettyImages_trumptalkingpointyhand Chip Somodevilla/Getty Images

A cruz de ouro de Trump

SINGAPURA – Já existem dúzias de tentativas para psicanalisar a nomeação de Judy Shelton pelo presidente dos EUA, Donald Trump, para o Conselho da Reserva Federal. Algumas destacam a fidelidade de Shelton desde que foi inicialmente consultora na campanha de Trump. Outras apontam a sua conversão em “adepta das baixas taxas de juro”. Outras ainda sublinham a sua defesa do padrão-ouro como meio de isolar a política monetária dos EUA de uma Fed pouco fiável.

Todas estas interpretações não captam o essencial: Shelton é uma defensora das taxas de câmbio fixas. A sua crença nas taxas fixas é música para os ouvidos de uma administração que encara a manipulação cambial como uma ameaça à vitória na sua guerra comercial.

A Equipa Trump pretende reduzir o défice comercial dos Estados Unidos e melhorar a competitividade das indústrias nacionais aplicando tarifas que aumentem o preço das mercadorias importadas. Mas uma tarifa de 10% que seja compensada por uma desvalorização em 10% das restantes divisas contra o dólar faz com que os preços relativos das importações dos EUA não se alterem.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/soYguimpt