PA coal mining town poverty Mark Makela/Stringer

Más notícias para os trabalhadores norte-americanos

NOVA IORQUE – Numa altura em que o presidente eleito Donald Trump ocupa o seu gabinete, o que sabemos sobre a possível direcção e impacto da política económica do seu governo?

Na verdade, há muitas incertezas. Tal como se verifica em muitos domínios, as promessas e declarações sobre a política económica de Trump são pouco coerentes. Embora acuse frequentemente os outros de não dizerem a verdade, muitas das suas afirmações e promessas no plano económico — mais concretamente, toda a sua visão sobre governação — parecem dignas dos propagandistas da "grande mentira" da Alemanha nazi.

Trump assumirá o comando de uma economia que assinala uma forte tendência ascendente, com o PIB do terceiro trimestre a registar um crescimento a uma taxa anual impressionante de 3,2% e o desemprego cifrando-se em 4,6%, em Novembro. Em contrapartida, quando o presidente Barack Obama assumiu o cargo em 2009, herdou de George W. Bush uma economia que se afundava numa profunda recessão. Além disso, à semelhança de Bush, Trump é mais um presidente republicano que vai assumir o cargo apesar de ter perdido o sufrágio popular, apenas para fingir que tem um mandato para empreender políticas extremistas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/UuLoxn9/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.