TIMOTHY A. CLARY/AFP/Getty Images

Porquê Trump?

NOVA IORQUE – À medida que ando a viajar pelo mundo nas últimas semanas, tenho feito duas perguntas repetidamente: é concebível que Donald Trump pudesse ganhar a presidência dos Estados Unidos? E em primeiro lugar, como é que a sua candidatura conseguiu chegar tão longe?

Quanto à primeira questão, embora a previsão política seja ainda mais difícil do que as previsões económicas, as probabilidades estão fortemente a favor de Hillary Clinton. No entanto, a proximidade na corrida (pelo menos até muito recentemente) tem sido um mistério: Clinton faz parte dos candidatos presidenciais mais qualificados e bem preparados que os Estados Unidos já teve, enquanto Trump é um dos menos qualificados e pior preparados. Além disso, a campanha de Trump tem sobrevivido a um comportamento que, no passado, teria acabado com as hipóteses de um candidato.

Então por que iriam os americanos jogar à roleta russa (o que significa uma hipótese em seis para uma vitória de Trump)? Os que vivem fora dos Estados Unidos querem saber a resposta, porque o resultado também os afeta, embora não tenham nenhuma influência nele.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/uyIyN3B/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.