A Educação é uma Questão Securitária

LONDRES – Em Novembro, falei no Conselho de Segurança das Nações Unidas pela primeira vez em 13 anos. Reparei como está diferente agora o ambiente. Em Setembro de 2000, o mundo parecia muito diferente. Tentávamos articular a nova ordem securitária para a década seguinte à queda do Muro de Berlim. Claro que existiam desafios. Mas a atmosfera era leve, até positiva, enquanto discutíamos erradicar a pobreza no mundo em desenvolvimento.

Desta vez, o ambiente era sombrio. E os primeiros dias de 2014 tornaram-no ainda mais escuro. Percorramos o resumo noticioso de qualquer dia e encontraremos histórias de terrorismo e violência perpetrados em nome de uma visão falsa da religião. Algumas são cometidas por personagens não-estatais, e outras por personagens estatais; mas todas são cometidas no contexto da divisão e do conflito definido por diferenças de fé religiosa.

Esta é a nova luta do vigésimo primeiro século. Não a venceremos a não ser que combatamos as suas causas principais e as suas consequências sinistras.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/tbNalPA/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.