Chris Van Es

Humanos Híbridos

SINGAPURA – A eleição de um novo papa reacende sempre o debate sobre a tensão entre tradição e modernidade na Igreja Católica. Talvez mais interessante seja a modernização em curso da língua em que esses debates são conduzidos: o Latim.

Enquanto as doutrinas Católicas evoluíram lentamente, assistiu-se em anos recentes a uma expansão constante do vocabulário Latino, reflectindo o aparecimento de neologismos (novas palavras, práticas, e expressões) que acompanharam o papel cada vez mais proeminente da tecnologia na vida diária das pessoas. A inclusão de termos como telephonium albo televisifico coniunctum (telepresença vídeo) e usus agonisticus medicamenti stupecfactivi (medicamentos para a melhoria do desempenho) ajudou a despertar um renascimento da educação Latina no Ocidente, apesar da competição crescente do Mandarim.

Da mesma maneira, a capacidade da língua Inglesa em produzir e absorver neologismos é uma importante razão porque resistirá como a lingua franca do mundo. O Dicionário de Inglês de Oxford, agora actualizado trimestralmente, reviu mais de 1900 entradas na sua edição de Março de 2011, e adicionou novos termos, como “subdomínio,” “cibervigilância” e “georreferenciação.”

To continue reading, please log in or enter your email address.

Registration is quick and easy and requires only your email address. If you already have an account with us, please log in. Or subscribe now for unlimited access.

required

Log in

http://prosyn.org/HAQJjLd/pt;