Child watching television

O Imperativo da Literacia Tecnológica

DAVOS – Em muitas partes do mundo, as crianças crescem rodeadas de tecnologia. Na ponta dos seus dedos (literalmente) reside uma quantidade ilimitada de entretenimento, jogos, aprendizagem, e redes sociais. O seu mundo sempre esteve conectado. Aprendem a rolar (NdT: scroll) antes de conseguirem andar. E no entanto, mesmo sentindo-se muito confiantes a usar a tecnologia, demasiadas crianças não fazem qualquer ideia do modo como funciona. Nem conseguem compreender completamente o modo como sustenta as suas vidas, ou como moldará os seus futuros.

Considero isto o paradoxo da literacia tecnológica. As crianças de hoje podem ser grandes consumidores de tecnologia, mas raramente têm uma verdadeira cultura tecnológica. Podem parecer nativos digitais experientes, mas o seu conhecimento não vai além do monitor. São utilizadores passivos, em vez de criadores activos. E a maior parte tem pouco interesse real em descobrir como realmente funciona a tecnologia de que dependem.

Isto tem implicações importantes. As economias estão a sofrer mudanças radicais no modo como produzem, distribuem, e consomem bens e serviços. Todos os aspectos da vida e do trabalho estão a mudar. Será essencial uma maior literacia tecnológica para garantir que as implicações humanas da presente Quarta Revolução Industrial sejam positivas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To continue reading, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

http://prosyn.org/qsdHn7t/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.