Education Images/UIG via Getty Images

O Futuro da Piscicultura

NEW HAVEN — A procura de pescado e marisco está a aumentar exponencialmente e continuará a aumentar ao longo deste século. A única forma de satisfazer a procura será através da aquicultura. No entanto, embora a próxima geração de aquicultura seja muito mais responsável do ponto de vista ecológico do que os seus antecessores, irá utilizar muito mais energia. Se essa energia adicional não for limpa e barata, as novas tecnologias em matéria de aquicultura não poderão servir os nossos objectivos climáticos e ambientais mais amplos.

O aumento da procura de produtos de pesca é positivo até certo ponto. O peixe é mais eficiente do que a carne de suíno e de bovino, porque exige menos factores para produzir a mesma quantidade de proteína. Assim, na medida em que o consumo mundial de carne continua a aumentar, faz sentido que uma parte significativa dos alimentos venha do mar.

Por outro lado, a procura crescente de produtos da pesca apresenta riscos ecológicos significativos. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, ,quase um terço dos recursos haliêuticos a nível mundial já são objecto de captura num nível insustentável, ou seja, as populações selvagens não conseguem reconstituir-se de forma suficientemente rápida para compensar o ritmo a que são pescadas. Além disso, uma vez que as populações selvagens não têm capacidade para dar resposta ao aumento da procura, torna-se necessário aumentar a piscicultura.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

http://prosyn.org/eb8jRzp/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.