Trump protest Wayne Taylor/Stringer

Como sobreviver à era Trump

NOVA IORQUE – Em menos de um mês, o Presidente dos EUA, Donald Trump, conseguiu espalhar o caos e a incerteza (e um nível de medo que orgulharia qualquer terrorista) a um ritmo estonteante. Não surpreende que os cidadãos e os responsáveis empresariais, da sociedade civil e governamentais, lutem para responder de modo adequado e eficaz.

Qualquer perspectiva sobre o caminho a tomar será necessariamente provisória, já que Trump ainda não propôs legislação detalhada, e o Congresso e os tribunais ainda não responderam plenamente à sua investida de ordens executivas. Mas o reconhecimento da incerteza não justifica a negação.

Pelo contrário, é agora evidente que aquilo que é dito e tweetado por Trump deve ser levado a sério. após a eleição em Novembro, existia uma esperança quase universal em que ele abandonasse o extremismo que definiu a sua campanha. Certamente, pensava-se, que este mestre da irrealidade adoptaria uma identidade diferente assim que assumisse a incrível responsabilidade associada ao que é frequentemente apelidado de cargo mais poderoso do mundo.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

http://prosyn.org/9EbdX1o/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.