Combate à Pobreza 2.0

ROMA – Os líderes mundiais elogiaram o aparente sucesso de se ter conseguido atingir em 2010 - bem antes do prazo previsto para 2015 - o Objectivo de Desenvolvimento do Milénio (ODM) de redução para metade do número de pessoas que, em 1990, viviam abaixo do limiar de pobreza. Mas, num contexto de pobreza persistente, de crescente desigualdade e de fraco crescimento em muitos países em desenvolvimento, o sucesso das políticas e programas de combate à pobreza desenvolvidos no passado parece duvidoso.

Na verdade, os progressos fora da Ásia Oriental são ligeiros, assistindo-se ao agravamento da situação em alguns países e regiões – embora se tenham verificado vários surtos de crescimento económico, situações de expansão sustentada em alguns grandes países em desenvolvimento e de compromissos públicos por parte da comunidade internacional para a Declaração do Milénio de 2000, que estabeleceu os ODM.

Estes resultados contrastantes colocam em causa a eficácia das políticas convencionais de redução da pobreza, muitas vezes identificadas com o Consenso de Washington, que transformou o discurso sobre a pobreza na década de 1980. As reformas do Consenso de Washington - incluindo a estabilização macroeconómica (definida como a redução da inflação para um nível de apenas um dígito) e a liberalização do mercado - deveriam servir para reduzir a pobreza através da aceleração do crescimento económico.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/GGNuVJf/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.