14

O lado real das notícias falsas

NOVA IORQUE –Os dispositivos digitais e as redes sociais dos nossos dias fornecem tanta informação que até mesmo o consumidor mais astuto não consegue analisá-la na totalidade. Parece que estamos a viver numa versão do Brave New World, de Aldous Huxley, onde a verdade está submersa num mar de irrelevância. Mas o futuro não precisa de ser a distopia que o presente parece sugerir.

A percentagem de americanos que obtém notícias através das redes sociais aumentou rapidamente nos últimos anos, para 62% em 2016. Ainda assim, de acordo com um estudo recente realizado pelo Pew Research Center, os profissionais da comunicação social, académicos, profissionais da área da tecnologia e editorial veem cada vez mais a Internet como um esgoto onde se alojam discursos de ódio e de raiva, e monstros trolls.

Muito do que chega à nossa porta digital nos dias de hoje só pode ser descrito como notícias falsas: histórias inventadas, propaganda e outras formas de má informação. Mas embora o nome notícias falsassejam um rótulo útil para um problema real, não nos diz se estamos de facto a viver num mundo pós-verdade; e, em caso afirmativo, quem devemos responsabilizar. Para responder a essas perguntas, temos de examinar a infraestrutura das notícias falsas.

Muitos dos fanáticos pela política e piratas informáticos das redes sociais, anónimos, que estão a criar e a divulgar notícias falsas fazem-no no site Reddit. Com cerca de 300 milhões de utilizadores por mês, a nível mundial, o Reddit é o quarto website mais visitado nos EUA, e o oitavo no mundo, de acordo com dados deste mês.

Um observador casual que visite o Reddit irá encontrar algo parecido a uma área de mensagens da Web 1.0 que está dominada por um jargão e acrónimos indecifráveis, tais como HH, cornudo, centopeias” e “deus imperador da Internet. Estas são palavras de código de fontes internas que não surgiram acidentalmente. Referem-se respetivamente a Heil Hitler[saudação nazista], aos críticos do movimento alt-right, aos apoiantes de Trump e, claro, ao próprio Trump.

Apesar de ser extremamente popular, o Reddit só é mencionado nos meios de comunicação social convencionais quando as suas discussões mais controversas se descontrolam, como ocorreu em 2008, quando uma subpágina do Reddit (ou subreddit) chamada Jailbait[publicações de fotos com raparigas atraentes, menores de idade, com quem os homens querem ter relações sexuais] forneceu uma plataforma para os utilizadores trocarem pornografia infantil. Na sequência de um protesto público, o Reddit baniu a subreddit em 2011 e fê-lo novamente quando o público tomou conhecimento de uma subreddit sobre perseguições a mulheres chamada CreepShots[fotos tiradas aos rabos ou decotes das mulheres sem o consentimento delas].

Ainda assim, a misoginia e o discurso de ódio continuaram a fluir livremente no site. Numa horrível fantochada de liberdade de expressão, o Reddit tem acolhido subreddits de nome BeatingWomen[página que mostra violência contra mulheres], FatPeopleHate[grupo de fanáticos que odeiam quem critica a obesidade] e The Chimpire(promove o racismo). Mais recentemente, uma subreddit de nome Pizzagateque acolhia teóricos da conspiração, alegava que Hillary Clinton dirigia uma rede de pornografia infantil numa pizaria em Washington, DC. Quando Edgar Maddison Welch, armado com uma arma de fogo AR-15, chegou ao estabelecimento e começou a disparar tiros, a comunicação social finalmente, mas apenas temporariamente, percebeu o papel que o Reddit desempenha no fenómeno das notícias falsas.

O cofundador do Reddit, Alexis Ohanian, por sua vez, parece não passar muito tempo preocupado com os potenciais perigos que provêm do seu site. Quando Ohanian proferiu um discurso no famoso Festival Interativo SXSW em Austin, Texas, este ano, não referiu a linha que separa a liberdade de expressão do discurso de ódio. Nem mencionou a infame subreddit, The_Donald, que tem mais de 300 mil utilizadores registados e que pode ter tido um papel crítico na eleição de Donald Trump. Em vez disso, ele falou sobre um utilizador do Reddit chamado Shitty Watercolour[que é um pseudónimo] e declarou o uso de pseudónimoscomo sendo a marca da liberdade de expressão e do discurso sem censura. Durante um episódio de Ask Me Anything” [Perguntem-me qualquer coisa], após o seu discurso, Ohanian não respondeu a nenhuma pergunta sobre Pizzagate, The_Donaldou discursos de ódio.

Não há dúvida de que o Reddit não é o único defensor do tipo de anonimato online que permite aos utilizadores divulgarem discursos de ódio e notícias falsas sem consequências. E há aqueles que temem que a despoluição de conteúdos do Reddit irá conduzir os trolls a sites clandestinos com menos público, como o Voat. Mas, enquanto outras grandes plataformas online, como o Facebook, estão a tomar medidas para resolverem o problema, o Reddit permanece desafiador.

A imunidade relativa do Reddit face às críticas pode ajudar a explicar a sua indiferença. Estando no ranking dos dez primeiros sites que mais tráfego geramna Internet,nos EUA, atua como um canal importante para os meios de comunicação, que o usam para aumentarem as visualizações das suas páginas e, assim, as suas receitas de publicidade.

O Reddit é propriedade de alguns nomes conhecidos. A sua única maior acionista é a Advance Publications, a empresa que controla a Condé Nast; e os outros investidores incluem Marc Andreessen, Peter Thiel, Sam Altman, Ron Conway, Snoop Dogg, Jared Leto e Josh Kushner, o irmão do assessor da Casa Branca, Jared Kushner. Infelizmente, nenhum destes investidores que ocupam posições de relevo parece ter-se oposto ao acolhimento por parte do Reddit de subreddits com nomes como WhiteNationalism[NacionalismoBranco], rapeisfun[aviolaçãoédivertida], BurningKids[CriançasaArder], cutefemalecorpses[cadáveresgirosdemulheres] e assim por diante.

As notícias falsas são um sintoma de um problema maior. Com o declínio das receitas de publicidade, os meios de comunicação estão cada vez mais desesperados por cliques. A maioria dos leitores não hesita em partilhar ou retuitar títulos de notícias que corroborem os seus próprios preconceitos e crenças. E as empresas de tecnologia encolhem os ombros e afirmam que são apenas uma plataforma, ao mesmo tempo que colhem os lucros provenientes do tráfego que as notícias falsas originam.

Então, o que é que os consumidores de notícias podem fazer para fazer pressão contra as notícias falsas? Para começar, devemos exigir que meios de comunicação de confiança evitem apresentar os seus conteúdos em sites anónimos como o Reddit. E devemos fazer mais pressão nas empresas, como a Advance Publications, para assumirem a responsabilidade pelos sites que possuem e pelo o que lá acontece.

Acima de tudo, isso significa reverter a cultura do anonimato digital que facilita o discurso de ódio e a má informação. As plataformas digitais devem exigir aos que defendem ideias e partilham informações que assinem os seus nomes nas suas publicações. Os pseudónimos são para os escritores de ficção.