Healthcare professionals who have been recruited to work in Sierra Leone The Times/Getty Images

Ressuscitar os cuidados de saúde em África

FREETOWN, SERRA LEOA –No final de outubro, a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) confirmou o que muitos já suspeitavam há bastante tempo: milhões de dólares que foram doados para combater os surtos de Ébola na Guiné e na Serra Leoa foram mal geridos e roubados. A mais antiga organização humanitária do mundo ficou indignadacom as descobertas, disse.

Escusado será dizer que não foi a única.

Eu era o coordenador nacional dos enterros derivados do Ébola na Serra Leoa, no auge da epidemia. Durante grande parte da crise, que teve início em 2014, tivemos falta do equipamento e materiais necessários para controlar o vírus mortal. Perdemos muitos trabalhadores de saúde, entre a escassez de recursos, e a ideia de perder a minha própria vida –deixando uma família e dois filhos pequenos –apavorava-me diariamente. Eram tempos de ansiedade para o meu país.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

http://prosyn.org/ECMEUWA/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.