frizo2_RAPHAEL ALVESAFP via Getty Images_deforestation amazon RAPHAEL ALVESAFP via Getty Images

Combater a desflorestação no terreno

SÃO PAULO – A protecção e conservação dos biomas, especialmente das florestas tropicais, são críticas para a consecução das metas climáticas, especialmente em países com uma cobertura florestal abundante. Não obstante, os dados de monitorização mais recentes mostram uma desflorestação significativa em muitas destas regiões, nomeadamente nas mais extensas do mundo.

Em Outubro de 2021, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil comunicou nesse mês o nível mais elevado de desflorestação na Amazónia registado desde que a monitorização foi iniciada, há cinco anos. E o problema não se limita à Amazónia. A segunda maior floresta tropical do mundo, na bacia do rio Congo, perdeu mais de 15 milhões de hectares, ou 8% da sua cobertura original, entre 2001 e 2020.

As metas globais para a promoção da biodiversidade, como as acordadas na recente Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP26), são essenciais para a sensibilização sobre a perda de ecossistemas e para garantir a responsabilização ao nível internacional. Mas muito do trabalho efectivo de conservação tem de ser necessariamente desempenhado no terreno.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading and receive unfettered access to all content, subscribe now.

Subscribe

or

Unlock additional commentaries for FREE by registering.

Register

https://prosyn.org/5RY57Bjpt