people solar panel robot Ethan Miller/Getty Images

Reescrever o futuro do trabalho

TORONTO – Muito se escreveu sobre o “futuro do trabalho”, e a maior parte proporciona uma leitura sombria. Estudos consecutivos prevêem que a automação alterará indústrias inteiras e deixará milhões no desemprego. Um artigo de 2013 escrito por dois professores de Oxford sugeriu que as máquinas poderiam substituir 47% dos empregos nos Estados Unidos dentro de “uma década ou duas”.

As conclusões deste tipo sustentam a narrativa de que o futuro será inevitavelmente de desemprego. Porém, esta perspectiva é preferida principalmente pelo sector empresarial, e apoiada pelas tendências negativas na chamada gig economy (NdT: termo usado no original que descreve actividades principalmente temporárias); os trabalhadores e os sindicatos não participaram muito no debate. Se isto mudasse, o futuro do trabalho poderia ter um aspecto muito diferente.

Três pressupostos comuns enviesam as previsões do impacto da automação sobre o emprego. É essencial que se aborde cada um deles para que se protejam os direitos dos trabalhadores e se altere o roteiro fatalista da narrativa predominante.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

http://prosyn.org/JmK5F8c/pt;
  1. verhofstadt40_PAULFAITHAFPGettyImages_borisjohnsonspeakingarms Paul Faith/AFP/Getty Images

    Boris’s Big Lie

    Guy Verhofstadt

    While Boris Johnson, the likely successor to British Prime Minister Theresa May, takes his country down a path of diminished trade, the European Union is negotiating one of the largest free-trade agreements in the world. One really has to wonder what the "buccaneering" Brexiteers have to complain about.

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.