Heavily Polluted Air of Birmingham Wikimedia Commons

Carbon Majors e Justiça Climática

BONA – Um estudo inovador publicado em Novembro passado revelou que as actividades de uns meros 90 produtores de carvão, petróleo e gás, e cimento – apelidados de “carbon majors” (lit.:“grandes do carbono” – NdT) – foram responsáveis por 63% de todas as emissões de CO2 desde a Revolução Industrial.

O relatório foi divulgado poucas semanas depois do Tufão Haiyan (ou Yolanda, como foi localmente conhecido) dilacerar a região de Tacloban, nas Filipinas. Com ventos a velocidades sem precedentes de 315 quilómetros (196 milhas) por hora, a tempestade matou 6.300 pessoas, deixou quatro milhões sem abrigo, e causou danos no valor de mais de 2 mil milhões de dólares.

O Haiyan e a sua devastação tornaram-se um motivo de união para os delegados da posterior conferência das Nações Unidas sobre a mudança climática, em Varsóvia. Como resposta, concordaram com o estabelecimento de um mecanismo internacional para enfrentar as “perdas e danos” relacionados com a mudança climática, a aplicar nos países que sejam incapazes de se adaptar ou proteger dos piores efeitos do aquecimento global.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/krvsUL8/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.