O teste plenário da China

TÓQUIO – Há algo estranho e perturbador na sabedoria convencional em torno da próxima Terceira Sessão Plenária do 18.º Comité Central do Partido Comunista Chinês (PCC). À medida que o congresso de 9 a 12 de Novembro se avizinha, a atenção da comunidade internacional parece estar focada principalmente nas mudanças de política tecnocráticas, consideradas essenciais para a reestruturação da economia dominada pelo Estado da China, e para voltar a estimular o crescimento.

Será que o governo irá liberalizar as taxas de juro ou irá abrandar os controlos de capital? Como é que o sistema fiscal será melhorado? Será que a reforma agrária fará parte do pacote?

A lista deste género de questões continua. Fora da China, a visão predominante entre os líderes empresariais é que a nova administração do Presidente Xi Jinping consolidou o seu poder e adquiriu autoridade suficiente para avançar com as reformas económicas de longo alcance. Ele e os seus colegas precisam apenas de adquirir as políticas específicas de forma correcta.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/9eWoflj/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.