Andrew Albertson/Flickr

Fluxos globais e crescimento global

BERKELEY – uma parcela crescente da actividade económica mundial envolve fluxos transfronteiriços. Porém, em que medida está interligada a economia global? Em que medida se alteram os fluxos transfronteiriços entre actividades, sectores e países? Que lugar ocupam as economias nacionais em termos dos seus fluxos transfronteiriços ou “interligações”? E quais são as implicações para as empresas e para os decisores políticos?

Um relatório recente do McKinsey Global Institute aborda estas questões através da análise das entradas e saídas de bens, serviços, financiamento, pessoas e dados e comunicações de195 países nos últimos 20 anos.

Quer os dados agregados, quer os micro exemplos confirmam que o mundo está interligado de forma cada vez mais estreita e os fluxos transfronteiriços aumentam em extensão e complexidade, englobando um número maior de países e participantes. Embora se tenha verificado uma contracção significativa no período entre 2007 e 2009, decorrente da profunda recessão global, o valor combinado dos fluxos financeiros e comércio de bens e serviços em 2012 correspondeu a 36% do PIB global – 1,5 vezes superior ao valor registado em 1980.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To continue reading, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you are agreeing to our Terms and Conditions.

Log in

http://prosyn.org/QG3VN2Q/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.