razzaz1_Marcus Yam  Los Angeles Times via Getty Images_jordan drought Marcus Yam Los Angeles Times via Getty Images

Como evitar uma catástrofe climática global

AMÃ – O dia mais quente registado na Jordânia desde 1960 foram uns impressionantes 49,3° Celsius, (120,7° Fahrenheit) em Julho de 2018, um mês depois de ter sido nomeado primeiro-ministro. A Jordânia não é um caso único: nos últimos anos, as ondas de calor têm provocado recordes máximos de temperaturas em países que vão do Canadá à Austrália. Os efeitos das alterações climáticas (nomeadamente, o aumento da frequência e da gravidade das cheias, dos furacões e das secas), apesar de serem sentidos localmente, exigem uma resposta global, que deveria definir objectivos vinculativos e ajustados às contribuições nacionais para o problema e para a solução.

A Jordânia tem prosseguido activamente políticas e programas para redução das emissões de dióxido de carbono. Nos últimos 15 anos, as emissões anuais per capita da Jordânia caíram das 3,5 toneladas para as 2,5 toneladas. Mas a Jordânia, como a grande maioria dos países, é responsável por uma parte insignificante das emissões globais de CO2: apenas 0,04% por ano. Portanto, mesmo que a Jordânia tornasse a sua economia verde de um dia para o outro, isso dificilmente teria algum impacto. Isto não nos isenta da responsabilidade, mas não podemos ignorar o facto de que as emissões estão concentradas: os 20 maiores emissores são responsáveis por quase 80% do total anual, e só os Estados Unidos e a China são responsáveis por 38%.

Em muitos países, as consequências das alterações climáticas para o fornecimento de água têm sido impressionantes. No caso da Jordânia, agudizaram muito mais uma restrição já de si limitante. Anteriormente, a pluviosidade era vista como a salvação pelas comunidades rurais que se dedicavam à agricultura sazonal de sequeiro e à pastorícia numa terra semiárida. Durante a última década, porém, uma redução constante da pluviosidade anual média e um aumento da frequência e da gravidade das secas abalaram estas modalidades agrícolas, agravando o fosso socioeconómico entre áreas rurais e urbanas.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/CwAGgbdpt