A brew master brews coffee in Bangalore MANJUNATH KIRAN/AFP/Getty Images

O despertar urbano da Índia

WASHINGTON, DC –Quando o Reino Unido se tornou o primeiro país do mundo a passar por uma urbanização em grande escala no século XIX e início do século XX, o processo transformou a sua economia e sociedade. Hoje, a Índia enfrenta uma transformação semelhante, a diferença é que está a acontecer a um ritmo de cem à hora. Até 2030, a população urbana da Índia atingirá 600 milhões de pessoas, duas vezes o tamanho da população dos EUA.

Para a Índia, a rápida urbanização é particularmente vital para permitir que o país tire o máximo partido do dividendo demográfico proporcionado pela sua população jovem. Com mais 12 milhões de pessoas a juntar-se à mão de obra do país todos os anos, o potencial desse dividendo é enorme. À medida que o processo de urbanização continua, a conectividade, proximidade e diversidade irão acelerar a difusão do conhecimento, suscitar mais inovação e aumentar o crescimento da produtividade e do emprego.

No entanto, apesar de todas as suas vantagens, a rápida urbanização também representa enormes desafios, desde a gestão do congestionamento e da poluição até à garantia de que o crescimento é inclusivo e equitativo. Como país retardatário na questão da urbanização, a Índia irá beneficiar de inovações tecnológicas, incluindo tecnologias digitais, energia mais limpa, materiais de construção inovadores e novos meios de transporte –que lhe permitirão ultrapassar alguns dos seus países homólogos mais desenvolvidos. Mas tirar proveito dessas tecnologias exigirá políticas eficazes, incluindo investimentos inteligentes em infraestruturas e medidas para tornar as cidades mais competitivas, particularmente nas indústrias modernas.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/JXWszi3/pt;

Handpicked to read next

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.