greece NurPhoto/Getty Images

Uma ponte do FMI com ligação a algures, para a Grécia?

ZURIQUE – O Fundo Monetário Internacional ressuscitou uma velha técnica – utilizada na década de 1980, durante a crise da dívida latino-americana – que permitiria à Grécia evitar um padrão de pagamento da dívida, no próximo mês, aos credores europeus. A prorrogação também dá ao FMI e aos seus parceiros europeus tempo para resolverem as suas diferenças técnicas em relação às perspetivas difíceis de crescimento e financeiras do país. Mas o compromisso sofisticado do Fundo ainda deixa a Grécia sob a sombra de um excesso de dívida enorme; reduzi-la requer que a Europa encontre uma maneira de deixar de lado as políticas nacionais e aja com base na lógica e na necessidade económicas.

A Europa e o FMI têm sido incapazes de conciliar os dois pontos de vista da sustentabilidade da dívida da Grécia, com as diferenças dos dois lados a transbordar para o domínio público. Guiadas principalmente por uma análise do fluxo de caixa, as autoridades europeias argumentam que as taxas de juro baixas e prazos longos tornaram a dívida da nação sustentável. Mas o Fundo repara que, em quase 200% do PIB, o stock da dívida da Grécia dissuade o investimento e os fluxos de entrada de capital. Para o FMI, a redução significativa da dívida é fundamental para gerar a confiança e a credibilidade necessárias para a Grécia quebrar o ciclo de um período prolongado de empobrecimento.

Esta não é a única área de desacordo entre os dois principais credores da Grécia. Eles também divergem no assunto sobre o realismo de algumas projeções económicas decisivas, incluindo a relação importante entre o crescimento e o orçamento do governo, com a Europa a adotar uma perspetiva muito mais otimista.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles from our archive every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/gSoiX8K/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.