frankel128_ plus49Construction PhotographyAvalonGetty Images_emissions plus49Construction PhotographyAvalonGetty Images

Os preços elevados do petróleo podem ajudar o ambiente

CAMBRIDGE – Os preços dos combustíveis fósseis aumentaram fortemente em outubro. Os preços europeus do gás natural atingiram um pico recorde. Os preços do carvão térmico na China também atingiram níveis históricos. O preço do petróleo bruto dos EUA está acima dos 80 dólares o barril, o seu nível mais alto em sete anos, levando o governo do presidente dos EUA, Joe Biden, a apelar, em agosto, à OPEC e outros grandes países exportadores de petróleo para o aumento da produção.

Embora estes preços elevados reflitam em parte fatores específicos do país, tem de haver alguma causa mais fundamental. Afinal, tal como os preços dos combustíveis, os índices de preços dosprodutos minerais e agrícolas também recuperaram da queda de seis anos, regressando aos níveis de 2014. A correlação de longa data dos diferentes preços dos produtos sugere uma explicaçãomacroeconómica comum. E a razão óbvia pela qual os preços da energia aumentaram em 2021 é o rápido crescimento económico global.

Mas quais são as implicações ambientais dos preços elevados dos combustíveis fósseis, especificamente no que diz respeito à luta contra as alterações climáticas? A questão é particularmente relevante à medida que representantes de mais de 200 países se preparam para se reunir em Glasgow para a Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26), onde se espera que declarem as suas intenções de alcançar as zero emissões líquidas de dióxido de carbono, até 2050.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading and receive unfettered access to all content, subscribe now.

Subscribe

or

Unlock additional commentaries for FREE by registering.

Register

https://prosyn.org/e3GQAqzpt