construction site Harm Rhebergen/Flickr

A Cilada da Boa Governança

ROMA – O desenvolvimento e a governança aprimorada tendem a caminhar de mãos dadas. Mas, ao contrário da crença popular, há pouca evidência de que o sucesso na implementação de reformas de governança conduza a um desenvolvimento econômico e social mais rápido e abrangente. Na verdade, pode ser o contrário.

O foco na boa governança origina-se na luta para restaurar o crescimento sustentado durante as crises oriundas das dívidas dos países em desenvolvimento na década de 1980. Em vez de reavaliar a abordagem de políticas econômicas predominantes, as instituições de desenvolvimento internacional miraram nos alvos fáceis: os governos de países em desenvolvimento. Aconselhar estes governos sobre como fazer o seu trabalho tornou-se uma nova vocação para estas instituições, que rapidamente desenvolveram novas abordagens "técnicas" para a reforma da governança.

O Banco Mundial, através de mais de 100 indicadores, foi introduzido um índice composto de boa governança, com base na percepção de pareceres e responsabilidade, estabilidade política e ausência de violência, eficácia do governo, qualidade regulatória, estado de direito e níveis de corrupção. Alegando que havia encontrado uma forte correlação entre seus indicadores de governança e desempenho econômico, o Banco alimentou a esperança que havia sido encontrada a chave para o progresso econômico.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To read this article from our archive, please log in or register now. After entering your email, you'll have access to two free articles every month. For unlimited access to Project Syndicate, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/JcL8kin/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.