O Nevoeiro da Desordem

MUNIQUE – Que ameaça emergente estará a escapar ao mundo neste preciso momento? Depois de um ano verdadeiramente terrível para a paz e segurança internacionais, esta pergunta será ainda mais importante para os líderes, analistas, e meios de comunicação que se reúnem esta semana na 51ª Conferência de Segurança de Munique (CSM).

Há um ano, a guerra na Síria e a crise na Ucrânia eram os desafios que preocupavam a comunidade internacional. Mas, provavelmente, muitos dos participantes na CSM do ano passado admitiriam agora que não consideraram a verdadeira gravidade destes acontecimentos – para não falar naquilo que poderá vir a acontecer.

Apenas alguns meses depois, a rápida escalada e regionalização de ambas as crises, em simultâneo com desenvolvimentos noutros locais, levou muitos observadores à proclamação de que 2014 marcava o início de uma era menos pacífica e mais caótica nas relações internacionais.

To continue reading, please log in or enter your email address.

To access our archive, please log in or register now and read two articles from our archive every month for free. For unlimited access to our archive, as well as to the unrivaled analysis of PS On Point, subscribe now.

required

By proceeding, you agree to our Terms of Service and Privacy Policy, which describes the personal data we collect and how we use it.

Log in

http://prosyn.org/kAgJYyk/pt;

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated cookie policy and privacy policy.